terça-feira, 9 de agosto de 2016

Bandidos fazem raspa na unidade Mista do Maiobão



Segundo um funcionário da unidade, que prefere não identificar-se, os bandidos chegaram ao local em uma moto e entraram na Unidade Mista se passando por paciente e acompanhante.
“Eles entram e sondaram se o guarda (vigilante do hospital) estava armado, mas o segurança não tinha arma e estava até almoçando nessa hora. Depois, entram na sala do médico para se consultar e ficaram o tempo todo olhando para a mesa do médico, mas não viram nada de valor. Depois da falsa consulta, eles saíram da sala se negando a tomar o medicamento. E, na hora em que foram saindo do hospital, mostraram a arma para um mulher que estava perto da recepção e tomaram a bolsa dela. Ao saírem da unidade, tomaram a bolsa de outra mulher do lado de fora”, informou o funcionário da Unidade Mista.
A direção do hospital chamou a polícia, mas ninguém ainda foi preso nem identificado.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Raimundo Filho realiza mega convenção em Paço do Lumiar


Raimundo Filho e Kim Lopes como candidato a prefeito e a vice, respectivamente, da Coligação ¨Unir para Reconstruir¨ formada pelos partidos PT, PSC, PV, PTN e PRTB para as eleições de outubro. 
                           
Raimundo Filho depois de ser anunciado e  aclamado pelo público disse: "Tem Felicidade Maior para um homem do que este carinho do povo, é por isso que eu tenho uma grande responsabilidade se assim Deus permitir mais uma oportunidade de ser prefeito dessa cidade maravilhosa ."  a comitiva veio acompanhada pelo Deputado: Estadual Adriano Sarney e lideranças  que chegaram ao local emocionados com a grande quantidade de pessoas  e nem precisaríamos dizer já que as imagens colhidas no local mostram com clareza que essa Convenção não foi só uma escolha dos Partidos, mas de uma parcela considerável da população que ali compareceu para dar o seu seu apoio aos candidatos e confirmar que essa união vitoriosa, frase muito ouvida durante a Convenção que também definiu os nomes  dos Candidatos a Vereadores que apoiam Raimundo Filho.
             
Um enorme congestionamento ocorreu no trânsito entre o Clube da assembleia  em virtude da grande quantidade de veículos (carros e motocicletas) que foram sendo estacionados até o local de forma que as pessoas começaram a deixar seus veículos estacionados nas redondezas do local da Convenção pois já não havia mais lugares para estacionamento ao logo da pista asfáltica. 

Um público estimado em mais de 5 mil pessoas aguardava a chegada de Raimundo Filho. 
A população de Luminense  está de parabéns pelo grau de entusiasmo e a organização dos profissionais envolvidos no  evento que transcorreu na mais perfeita ordem e em clima de verdadeira festa da democracia. 

      
Depois dessa convenção os concorrentes enlouqueceram .....

Justiça decreta prisão de boxeador namíbio acusado de tentativa de estupro



A Justiça do Rio de Janeiro decretou hoje (8) a prisão preventiva do boxeador namíbio Jonas Junias, de 22 anos, acusado de tentar estuprar nesse domingo (7) uma camareira na Vila Olímpica. Junias teria agarrado e beijado a funcionária da Vila, quando ela arrumava o quarto do boxeador.
Junias foi preso por policiais da Delegacia de Polícia Civil do Recreio (42a DP) e levado para o Complexo Penitenciário de Bangu, na zona oeste da cidade. Este é o segundo caso de tentativa de estupro envolvendo boxeadores e camareiras dentro da Vila Olímpica.
Na semana passada, os policiais prenderam o boxeador marroquino Hassan Saada, também suspeito de tentar estuprar duas camareiras.
Jonas Junias, que compete na categoria até 64 quilos, tem sua luta marcada para quinta-feira (11), contra o francês Hassan Amzile.

domingo, 7 de agosto de 2016

Homem morre ao cair do 16º andar tentando capturar “Pokémon”


Homem morre ao cair do 16º andar tentando capturar “Pokémon”

Segundo o porteiro do prédio de luxo em Belo Horizonte MG, onde aconteceu o acidente, o morador era conhecido como ”Marcos”  e que era muito conhecido pela região por ter diversos apartamentos alugados.
Os usuários só podem ver o 'pokémon' caso esteja olhando para tela do celular, sendo assim, a pessoa perde a noção do que está acontecendo em sua volta. Acidentes fatais ligados ao aplicativo já ocorreram em outras partes do mundo.
Acidente aconteceu por volta das 17:54 pelo horário de brasília. A polícia descartou a possibilidade de suicídio já que no celular do homem estava aberto o aplicativo ”Pokémon G.O” que ficou disponível recentemente no Brasil. 
O aplicativo mostra onde tem ”bichos” para capturar, a pessoa acompanha tudo pela câmera do celular. A polícia acredita que ele tenha se desequilibrado e caído acidentalmente.
Diversos acidentes já foram registrado por todo Brasil desde o lançamento do aplicativo, os acidentes mais comuns relacionados ao ”Pokémon G.O” por atropelamento.
Farsa ou Fato
A matéria em questão ainda informa que a polícia descartou a possibilidade de suicídio, já que o celular da vítima estava funcionando e permanecia com o game ”Pokémon GO” aberto. O Bhaz localizou, pelo menos, três sites que publicaram o mesmo texto (Portal Atualizado, Mundo Amazônia e TV Mutum). Além disso, existem tweets com compartilhamentos dos mesmos links desde o dia 7 de julho, justamente quando surgiram tutoriais ensinando brasileiros a burlar os sistemas de smartphones para ter acesso ao aplicativo (oficialmente, o jogo foi lançado no país esta semana).
Diante da repercussão da notícia, o Bhaz entrou em contato com a assessoria de comunicação da Polícia Militar (PM). A corporação informou que, nos últimos meses, não registrou nenhuma ocorrência similar à narrada pelos sites.
Para ter certeza de que se trata de uma notícia inverídica, o Bhaz foi além e rastreou a origem de uma foto divulgada nos sites que reproduziram o texto sobre o caso. A imagem mostra um corpo coberto por uma lona em meio a cacos de vidro.
Na pesquisa, foi possível descobrir que a foto em questão, na verdade, foi tirada em um acidente registrado em 2012 na cidade de Cascavel (PR). As imagens da ocorrência ainda estão disponíveis no portal Catve.com.
Portanto, apesar de ter viralizado nas redes sociais, a notícia da morte de um jogador de Pokémon Go em Belo Horizonte é uma FARSA.

Odebrecht relata repasse de R$ 23 milhões para campanha de Serra

                      BRASÍLIA, DF, BRASIL, 01.08.2016. O ministro das Relações Exteriores, José Serra, discursa no púlpito da Presidência da República (por engano) durante a Cerimônia para a troca de Cartas de Reconhecimento de Equivalência dos Controles Oficiais de Carne Bovina entre o Brasil e o EUA (FOTO Alan Marques/ Folhapress) PODER
Executivos da Odebrecht disseram em negociação de delação premiada que a empreiteira passou 23 milhões de reais à campanha de José Serra (PSDB-SP) em 2010 sob a forma de caixa 2. Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a afirmação foi feita a procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato. Os funcionários da empresa negociam acordo para terem reduzidas eventuais penas decorrentes dos processos. Segundo os relatos, a campanha à presidência do atual ministro das Relações Exteriores teria recebido os valores no Brasil e em contas no exterior.

De acordo com os delatores, a negociação das doações foi feita junto à direção nacional do PSDB. Os executivos disseram que podem apresentar comprovantes de depósitos. Ainda segundo o jornal, eles pretendem revelar que houve pagamento de propina a intermediários do ministro no período em que Serra foi governador de São Paulo (2007 a 2010). Os pagamentos teriam relação com as obras do trecho sul do Rodoanel.
Em nota à Folha, José Serra afirmou que sua campanha à presidência “foi conduzida na forma da lei e, no que diz respeito às finanças, era de responsabilidade do partido”. De acordo com a prestação de contas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Odebrecht doou 2,4 milhões de reais ao comitê de campanha presidencial. Sobre o Rodoanel, Serra classificou de “absurdas” as acusações, pois a Odebrecht não participava do trecho em questão quando ele assumiu o governo do Estado.
Temer – presidente em exercício, Michel Temer, também foi citado nas negociações de delação premiada de executivos da Odebrecht, conforme revelou VEJA desta semana. No trecho a que a reportagem teve acesso consta a informação de que em maio de 2014 houve um jantar no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente da República. Nele, estavam o então vice-presidente e o então deputado Eliseu Padilha, atual ministro-chefe da Casa Civil. Do lado da empreiteira, Marcelo Odebrecht. Segundo os termos do anexo, Temer pediu “apoio financeiro” ao empresário. Marcelo Odebrecht, um campeão em contratos com o governo federal e um financiador generoso de políticos e campanhas eleitorais, prometeu colaborar. A reunião resultou na doação de R$ 10 milhões em dinheiro vivo.
Dilma – Em outra delação explosiva, o marqueteiro João Santana prometeu ao Ministério Público revelar um arsenal de informações que, como admitiu, vai“destruir” a biografia da presidente afastada, Dilma Rousseff. Segundo o marqueteiro, Dilma não só sabia do que acontecia nos bastidores clandestinos de suas finanças eleitorais, como teria participado ativamente do jogo. Santana foi preso em desdobramento da Operação Lava Jato e negocia acordo de delação premiada. Em negociação de acordo de colaboração com a Justiça, Santana relatou também aos procuradores que houve dinheiro ilegal na campanha de reeleição de Lula, em 2006, e na primeira eleição de Dilma Rousseff, em 2010.

sábado, 6 de agosto de 2016

Começam, neste sábado (6), proibições de propaganda eleitoral no rádio e na TV

Resultado de imagem para propaganda eleitoral


As emissoras de rádio e TV estão proibidas, a partir deste sábado (6), de veicular imagens de realização de pesquisa ou de qualquer outro tipo de consulta popular de cunho eleitoral, em que seja possível identificar o entrevistado ou que haja manipulação de dados. A exceção se refere a programas jornalísticos e debates políticos.Além disso, segundo a Lei das Eleições, estão vedadas a veiculação de propaganda política e a difusão de opinião de candidato, partido ou coligação que concorrerão às eleições municipais de outubro, quando serão escolhidos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.Estão proibidas ainda a transmissão e divulgação de novelas, filmes ou qualquer outro programa que faça crítica ou alusão a candidatos e partidos.A legislação também veda a divulgação de nome de programa que se refira a candidato escolhido em convenção. “Sendo o nome do programa o mesmo que o do candidato, fica proibida a sua divulgação, sob pena de cancelamento do respectivo registro”, destaca a lei.As regras previstas valem tanto para a programação diária normal quanto para noticiários veiculados em rádio e televisão.Os crimes na área eleitoral também são de ação penal pública. Desta forma, apenas o Ministério Público está autorizado a oferecer denúncia ao Judiciário por crime eleitoral. Os crimes eleitorais e as respectivas penas estão previstos nos artigos 289 a 364 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965). Os artigos 355 a 364 do Código Eleitoral definem como é o processo das infrações.

Temer é condenado pela Justiça Eleitoral e se torna inelegível até 2024

Condenado por doar um valor acima do permitido na eleição de 2014, o presidente interino Michel Temer não poderá disputar eleições até 2024.

Segundo informações do Dia, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo condenou Temer a pagar uma multa de R$ 80.037,75, além de o tornar inelegível por 8 anos. O peemedebista tem até 19 de agosto para quitar a multa.
Por lei, uma pessoa física não pode doar mais do que 10% dos rendimentos declarados no Imposto de Renda. Em 2014, Temer desembolsou R$ 100 mil para ajudar os deputados federais pelo Rio Grande do Sul, Alceu Moreira e Darcísio Perondi, que foram reeleitos.
De acordo com a Receita Federal, o presidente interino poderia ter doado até R$ 84 mil. Como o valor foi superior, Temer caiu na Lei da Ficha Limpa e tornou-se inelegível por oito anos a partir da data da condenação.

terça-feira, 12 de julho de 2016

É neste sábado" Viva Rock"


                                                                                    É neste próximo sábado dia(16), Viva Rock em sua segunda edição, em homenagem ao dia internacional do Rock, comemorado nesta quarta-feira (13), o evento será na quadra poliesportiva do viva Maiobão, começará às 15hrs. Jovens de vários bairros, do Município de Paço do Lumiar e São Luís, além de são José de Ribamar já confirmaram presença. O movimento Rock que já existe no Maiobão e tem o intuito de incentivar e poder agregar ao jovens as praticas culturais e a importância deste movimento dentro do Município.

O organizador do evento, Hilton Silva, com o discurso já afinado, ressaltou a importância do movimento rock no município, "Alguns fatores foram de grande importância em apoiar e realizar este evento (Rock), pois o jovem que também é um propulsor de idéias, esta também preocupado com a cultura, a segurança e também com a sociedade e os jovens do movimento Rock em Paço do Lumiar, não é diferente, os mesmo em diversas reuniões, demonstra esta preocupação social e política", primou, organizador do evento Hilton Silva.

O organizador também fez o convite não somente a população de Paço do Lumiar, mas, de toda a ilha Metropolitana.

sábado, 2 de julho de 2016

Criminosos atacam agência bancária na cidade de Buriti, MA


G1.Criminosos explodiram uma agência do Banco do Brasil em Buriti (MA), a 332 km de distância da capital maranhense, na madrugada deste sábado (2). A ação aconteceu por volta de 0h30 e os suspeitos fizeram três reféns durante o ataque.

Após a invasão, o bando fugiu em direção ao município de Brejo e explodiu o próprio carro de fuga. Os reféns foram soltos sem ferimentos. No momento do assalto a cidade estava movimentada e muitos tiros foram disparados pelos criminosos. Grupo chegou a atirar nas câmeras de videomonitoramento.
A polícia foi acionada, mas ninguém foi preso. Até o momento, não há informações se algo foi levado do local. No ano passado, o BB de Buriti sofreu dois assaltos, um em janeiro e outro em junhode 2015.

Waldir Maranhão afirma que "há o prenúncio da renúncia de Cunha"

Há dois interinos, dois Poderes que têm o dever de convergir, de estabelecer harmonia"
Depois de assumir a Presidência da Câmara por um “acidente de percurso”, como ele mesmo afirma, Waldir Maranhão (PP-MA) acha que os dias dele de interinidade no comando da Casa estão próximos do fim. Ele confirma as conversas que correm no Legislativo de que o presidente afastado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deverá renunciar ao cargo nos próximos dias. Mas não acredita que isso evitará o processo de cassação em plenário. “O tempo está desfavorável a ele.”

Maranhão admitiu que a pressão sobre ele, vinda de parlamentares de todos os partidos e ideologias, começou após a decisão de cancelar a sessão do impeachment realizada em 17 de abril. A gritaria foi tão grande que ele acabou desistindo da decisão e voltou atrás. Ele também demonstrou tal inconstância em outros momentos, como na consulta de Cunha à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e na indefinição quanto à realização de sessões deliberativas da Câmara simultâneas aos festejos 
Durante entrevista exclusiva ao Correio no apartamento funcional da Asa Norte, Maranhão, veterinário, ex-reitor da Universidade Estadual do Maranhão, afirmou que está “aprendendo com tudo o que está vivendo, internalizando e refletindo”. Após votar contra o impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff, acredita que, se ela voltar ao poder após a votação do Senado, terá dificuldades para governar. E reconhece que a relação do Executivo com o Legislativo melhorou com Michel Temer.

O senhor está confortável no cargo de presidente da Câmara?
Eu nunca esperei estar aqui neste momento. O acaso me colocou nessa condição. Sem nenhuma vaidade, com serenidade, entendo que ser interino nas condições em que estamos é algo que melhora a carreira política de qualquer político. Eu assim me sinto muito à vontade, em que pesem as adversidades, as turbulências naturais. Eu compreendo que o parlamento é o exercício da compreensão, da tolerância, de conviver com pessoas que pensam diferente da gente. Eu me sinto como um presidente que olha para a frente, respeito e estabeleço convívio com os pares. As agressões pelas palavras são naturais, a gente compreende. Nos últimos meses, eu cresci como ser humano.

As ações foram erradas? O senhor é muito criticado.
Fui muito atacado, mas isso me faz crescer como ser humano; afinal, eu tolero. Saberei sempre reconhecer que esse é um estágio, um início. Eu tenho 60 anos e, com certeza, a carreira impõe todas essas questões, todas essas críticas.

Mas a que o senhor atribui esses “ataques”?
Os ataques, que tendem a diminuir, têm muito a ver com a minha posição frente ao impeachment. Eu estava no exercício de uma Vice-Presidência, fazendo o meu papel constitucional, e, de repente, o Brasil se encontrou na forma como está hoje. Há dois interinos, por circunstâncias diferentes, dois Poderes que têm o dever de convergir, de estabelecer uma harmonia. E, no registro da história, saberemos o papel de cada um. E saber qual é a importância de termos uma Casa que é uma caixa de ressonância da sociedade. Temos de definir projetos importantes para melhorar a vida das pessoas. É um colegiado também. Eu até faço uma comparação. Como eu vim do mundo acadêmico, fiz uma carreira acadêmica, eu me tornei reitor de universidade, eu vejo a Câmara como uma grande universidade. É a universidade do povo, da vida. E vejo a todos por igual. Então, eu costumo dizer que somos 513 reitores. Imagine você encaminhar, você compreender todo aquele universo, mas só um assume a condição de presidente. Só um tem essa possibilidade institucional. Obviamente que há interesses contrariados, há aqueles que jogam mais para fora do que para dentro. É claro que é uma Casa muito midiática. A dinâmica do processo legislativo é algo que toca na alma. Quem não reconhece que o Brasil está no buraco? Mas ,também, quem não reconhece que o país está dando demonstração de uma democracia consolidada? E o grande exemplo vem das ruas, que, desde junho de 2013, vêm colocando para cada um de nós a necessidade de se reciclar. E a Casa tem esse papel de se reciclar, buscar o papel de transparência, de eficiência. Há controvérsias, críticas que são inerentes. O Brasil é maior do que a crise.

O senhor acha que a presidente afastada, Dilma Rousseff, sofreu um golpe?
A minha posição de deputado que votou contra o impeachment é uma. A minha posição como presidente interino é outra. Então, eu não posso ser contra ou a favor do impeachment. Eu tenho de respeitar a Casa como um todo. Eu quero fazer aqui um hiato. Até o dia do impeachment, me postei para mostrar ao Brasil a posição contrária ao impeachment. Porque o meu estado, o mais pobre do Brasil, com os piores indicadores sociais, não queria um impeachment. Porque há de se reconhecer que ações do governo favoreceram o estado, as pessoas. Eu até acredito que, se fizermos novas pesquisas, o Maranhão vai se manter contra o impeachment. Foi possível as políticas sociais alcançarem um conjunto da sociedade. Se você olhar no Nordeste, talvez tenha uma similaridade de sentimentos. Mas agora, neste momento, eu não tenho o direito de ser contra ou a favor do impeachment

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Temer aumenta valor do Bolsa Família e diz que programa é necessário

O governo do presidente interino, Michel Temer (PMDB), anunciou nesta quarta-feira (29) um aumento médio de 12,5% para os benefícios do programa Bolsa Família. A alta vale a partir de julho. Os benefícios começam a ser pagos no dia 18.
"Estamos propondo, e o presidente Temer bancou, um aumento médio de 12,5% no valor do Bolsa Família, acima da inflação", afirmou o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra.
"Alardeava-se que nós iríamos prejudicar os direitos sociais. E veio aqui o Osmar Terra anunciar o aumento no Bolsa Família", disse Michel Temer. Os benefícios do programa estavam sem reajuste havia dois anos. O valor médio pago às famílias é de R$ 162.
O percentual do aumento é superior aoprometido pela presidente afastada Dilma Rousseff (PT) no Dia do Trabalho, em maio. Ela prometia conceder um reajuste médio de 9%.
O aumento é possível porque o governo Temer conseguiu aprovar no Congresso a revisão da meta fiscal, que prevê um rombo de até R$ 170,5 bilhões nas contas públicas em 2016.
A meta anterior, estipulada pelo governo Dilma, determinava que o governo fecharia o ano com um superavit de R$ 24 bilhões. 
Dilma defende a manutenção do Bolsa Família e vinha dizendo que Temer pretendia fazer cortes no programa. O peemedebista tem procurado sinalizar que não acabará com os programas sociais criados nos governos do PT. "Programas que deram certo têm que continuar", declarou Temer hoje.
O governo do presidente interino, Michel Temer (PMDB), anunciou nesta quarta-feira (29) um aumento médio de 12,5% para os benefícios do programa Bolsa Família. A alta vale a partir de julho. Os benefícios começam a ser pagos no dia 18.
"Estamos propondo, e o presidente Temer bancou, um aumento médio de 12,5% no valor do Bolsa Família, acima da inflação", afirmou o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra.
"Alardeava-se que nós iríamos prejudicar os direitos sociais. E veio aqui o Osmar Terra anunciar o aumento no Bolsa Família", disse Michel Temer. Os benefícios do programa estavam sem reajuste havia dois anos. O valor médio pago às famílias é de R$ 162.
O percentual do aumento é superior aoprometido pela presidente afastada Dilma Rousseff (PT) no Dia do Trabalho, em maio. Ela prometia conceder um reajuste médio de 9%.
O aumento é possível porque o governo Temer conseguiu aprovar no Congresso a revisão da meta fiscal, que prevê um rombo de até R$ 170,5 bilhões nas contas públicas em 2016.
A meta anterior, estipulada pelo governo Dilma, determinava que o governo fecharia o ano com um superavit de R$ 24 bilhões. 
Dilma defende a manutenção do Bolsa Família e vinha dizendo que Temer pretendia fazer cortes no programa. O peemedebista tem procurado sinalizar que não acabará com os programas sociais criados nos governos do PT. "Programas que deram certo têm que continuar", declarou Temer hoje.